programação.

Para a programação Soy Loco em Casa, teremos 15 propostas artísticas que chegam ao público de Franco da Rocha de forma inovadora. Sem gerar aglomeração, nem riscos de contaminação, as intervenções buscam meios alternativos de se conectar com as pessoas: através do som, de entregas, de instalações e de performance.

​Do Juquery para a cidade. As propostas artísticas se espalham pela cidade de Franco da Rocha, buscando conexões com o Complexo Hospitalar. 11 propostas foram selecionadas pela convocatória realizada para artistas da Bacia do Juquery. 3 artistas foram convidados para criarem propostas especiais e ainda teremos um jogo da memória pensando no público infantil.

 

Em parceria com o Museu de Arte Osório César, criamos o Jogo das Memórias do Juquery, com obras do acervo do museu. São várias formas de jogar e uma maneira de trabalhar o imaginários dessas importantes obras com as crianças da cidade. Uma das artistas com obras no jogo é Aurora Cursino, uma das mais reconhecidas do acervo. Ela também inspira a vídeo performance “Auroras – mulheres que criam” de Mariana Moura. E o grupo Odisseia das Flores também toma a obra de Aurora como inspiração para criar o “Sarau Locoesia”, que circulará pela cidade através de um carro de som.

 

O projeto “Em voo nos queremos”, de Beth Ziani, Cibele Lucena e Flavia Mielnik, cria cartazes a partir de pássaros recebidos de artistas e colaboradores do CAPS. E o artista Edmar Almeida enviará postais para a casa de pessoas, esperando receber de volta histórias ligadas ao Juquery. Conheça um pouco mais sobre as obras abaixo.

confira as atrações:

23/09 a 04/10

Em voo nos queremos

Beth Ziani, Cibele Lucena e Flavia Mielnik

 

A partir da pergunta "Se você fosse um pássaro, que pássaro você seria?" artistas e colaboradores da rede dos CAPS  foram convidados a pintar, desenhar ou contar por áudio, seus pássaros. As imagens coletadas agora transformadas em cartazes alcançam voo nas ruas de Franco da Rocha.

SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

Infos sobre o processo com os materiais recebido.

23/09 a 04/10

Do que se ocupam os olhos

Betto Souza

 

O verso toma o veículo da propaganda para expor as emoções de quem o lê. E a palavra escrita, antes sempre voz, eco sentidos, sentimentos "chora sorrindo". Dez faixas espalhadas entre Franco da Rocha e Francisco Morato.

23/09, 27/09 e 03/10

Errantes

Marcelo Bressanin

Artista convidado Paulo Sandrini 

 

A intervenção sonora urbana Errantes se apropria da associação frequente entre as ideias de loucura, errância e perambulação (entre outros conceitos relativos à deriva espacial) para propor a exibição de uma peça sonora inédita a ser apresentada no município de Franco da Rocha por meio de carros de som.

23/09 a 04/10 

Historietas desenclausuradas (re)contadas de porta em porta

Conpoema | Fabia Pierangeli e Roger Neves

 

Intervenção lúdico-poética, que será realizada pelos artistas educadores e produtores culturais Fabia Pierangeli e Roger Neves, com e para crianças moradoras de Franco da Rocha e Francisco Morato. Num jogo de história continuada feito de casa em casa, histórias serão criadas, a partir de imagens de obras de arte do Museu de Arte Osório Cesar  e depois distribuídas, através de áudio.

a partir de 23/09

Leitura das cartas em uma live: 04/10

Mail Art Juquery, convocatórias de um tempo

Edmar Almeida + colaboradores

 

A obra em xilogravura ”O tempo passa como uma flecha que move sem se notar”, é transformada em cartões postais. Endereçados para casas de moradores francorochenses, a ação provoca o remetente a reenviar informações, repensando as relações humanas atuais, fronteiras e naturezas, liberdades e vigilâncias, conectando essas narrativas. Os postais criam escritas e conectividades colaborativas com o Juquery e a cidade.

SAIBA MAIS SOBRE A OBRA
Clicando no link você terá informações do processo dessa obra

24/09

Juquery, Memórias em Cordel

Cia de Dança Yuquery

Iara Alves de Oliveira 

 

“Juquery, memórias em cordel” conta histórias do Complexo Hospitalar do Juquery através de kits literários que resgatam a ancestralidade e o pertencimento dos moradores do município. Através da literatura de cordel, que é parte da cultura popular do nordeste brasileiro, as histórias e os personagens que a construíram serão levados aos moradores da cidade de Franco da Rocha.

25/09, 30/09 e 04/10

Sarau Locoesia 

Odisseia das Flores

Poesias produzidas a partir da  releitura das obras e  dizeres de Aurora Cursino dos Santos e Ana David Silva  o grupo Odisséia das Flores  transmite nos falantes uma galeria poética circulante, que ecoa pelas ruas de Franco da Rocha.

24/09 e 25/09

Quando acordei o circo já tinha ido embora

A Trupe Trapaceros

 

A Trupe Trapaceros tem o orgulho de apresentar “Quando acordei, o circo já tinha ido embora”, um mergulho nas nossas memórias de infância, de quando os circos armavam suas lonas às margens do Rio Juquery. Música, acrobacia, malabarismo e palhaçaria. Lembranças

de um tempo em que passava um carro na nossa rua, com um alto falante abafado, dizendo que o circo já tinha chegado.

25/09 

exibição 01/10 

Auroras – mulheres que criam

Baciada das Mulheres do Juquery 

Meire Ramos, Silvia Sapucaia e Mari Moura 

Linguagem: VÍDEO-PERFORMANCE.

Uma figura feminina extra-cotidiana toca a realidade, nascida do imaginário de uma artista interna com o encontro do imaginário de uma artista em estado de isolamento social.

26/09, 29/09 e 02/10

A BOCA

Beatriz Nauali, Camila de Souza e Yalla Thiago

 

Experiências em áudio, mesclando a linguagem dos podcasts e do rádio-teatro. De e para a população periférica. Arte, informação e diálogos entre a população de nossos bairros e grupos.

26/09, 30/09 e 04/10

Rádio Bike Juquery

Ouvidos Coloridos

Cecilia Miglorancia, Di Amanacy, Lidia Aleixo e Mirela Schleetz

 

Uma bicicleta rádio vai circular performaticamente pela cidade, contando sobre a palavra Juquery! O rio... o complexo... e a memória de quem viveu com afeto um Juquery.

a partir de 28/09

AquareLAR 

Lilian Soarez

 

A partir da produção de 122 pinturas em aquarela produzidas pela a artista Lilian Soarez, AquareLar rememora a Vida; a sua e todas aquelas abarcadas todos esses anos pelo Complexo Hospitalar do Juquery.

29/09

Barroca

Coletivo BarrÓka

Stefanie Bertholini, Luiz Gonzaga, Illa Abreu e Jota Santana

A barroca, espaço pertencente à Franco da Rocha, se mistura com a história de seus moradores,  atravessada pelas contradições brasileiras. A dança se funde às paredes e vielas onde serão projetadas uma poética videodança.

02/10

Carta aos dias que não me pertencem

Walter da Silva Albertin

 

"Carta aos dias que não me pertencem" é uma releitura do poema “Eu, Antonin Artaud”, de Antonin Artaud. Pretendemos através da projeção desse curta metragem em um edifício da cidade de Franco da rocha, refletir o condicionamento psicológico contemporâneo em tecnologia, conectado não só as palavras e os transtornos da psique através do tempo, mas o meio de veiculação e seus males.  É ressignificar através da simbologia visual o desequilíbrio cotidiano em um futuro distópico.

 

SOY LOCO POR TI JUQUERY | TRAPÉZIO PRODUÇÕES CULTURAIS