CONVOCATÓRIA

SOY LOCO EM CASA
PARA ARTISTAS

DA BACIA DO JUQUERY

Inscrições: ENCERRADAS

Divulgação Selecionados: 31 de AGOSTO

 

Festival

 

O ano de 2020 não tem sido fácil. Estamos há tempos vivendo uma nova realidade para a qual não fomos preparados Sobram perguntas e nos faltam respostas. 

Em um cenário como esse, o festival Soy Loco Por Ti Juquery acredita que a arte e a cultura ganham importância ainda maior. Para refletir, para aprofundar, para questionar e para sonhar. 

 

O Soy Loco é um festival de artes que acontece anualmente desde 2018, sempre no mês de setembro, ocupando parte dos prédios do Complexo Hospitalar do Juquery, em Franco da Rocha, levando instalações e atrações ao público. Com a atual situação da pandemia do COVID-19, que impossibilita qualquer tipo de aglomeração, e com o agravamento de se tratar de um espaço hospitalar em funcionamento, propomos aqui uma versão alternativa do festival convocando artistas da região para inscrever propostas inovadoras que levem arte para a vida dos moradores de Franco da Rocha.

 

Do Juquery para o mundo, através de encontros virtuais que discutirão as práticas ligadas à arte e à saúde mental. Do Juquery para dentro da casa das pessoas de Franco da Rocha e região, através de formatos inovadores que a arte permite criar. Somos um  festival  responsável e incentivamos a criatividade dos nossos artistas. 

 

Queremos todos bem, com saúde e com arte!


 

Convocatória 

 

A convocatória busca por artistas da Bacia do Juquery (Franco da Rocha, Francisco Morato, Mairiporã, Caieiras e Cajamar) de diversas linguagens, como artes cênicas, artes sonoras e artes visuais. 

 

As propostas devem ter elementos que dialoguem com as diversas facetas do Juquery: a loucura, a arte, a história do espaço e das cidades de seu entorno, seu espaço físico ou seu imaginário.

 

Serão selecionadas propostas artísticas que dialoguem com esses temas e apresentem maneiras inovadoras de chegar ao público. 

 

Um total de 30 mil reais serão distribuídos entre as propostas selecionadas. Será estipulado um valor máximo de 3 mil por proposta. Se necessário, os valores podem ser negociados.

 

Buscamos por diversidade de linguagens, que transitem entre as artes cênicas, sonoras, visuais, entre outras. 

 

O que consideramos formas inovadoras de apresentar seu trabalho?

 

Neste momento que estamos vivendo, não consideramos prudente a aglomeração de pessoas. Por outro lado, acreditamos que a simples transformação de apresentações para o espaço virtual não contempla o lado criativo e inovador do Soy Loco Por Ti Juquery e não acessa boa parte de nosso público. Todos devem receber um pouco de arte nesse momento, inclusive os mais periféricos e com menor acesso à internet.

 

Portanto, queremos que os artistas se dediquem a apresentar ideias criativas, diferentes e inovadoras de como chegar ao público de Franco da Rocha, em suas casas, sem apresentar qualquer risco de contaminação.

 

Ou seja, o festival não busca simplesmente receber a proposta de uma apresentação musical, gravada em sua casa e postado na internet. Incentivamos o uso alternativo de meios para as obras circularem, como entregadores de pizza, cartões postais, carros de som, projeções em prédios, rádios comunitárias, etc. É possível uma proposta de um  pianista em cima de um carro que circula pela cidade; um casal de mímicos que fazem uma performance na rua, para ser vista das janelas; um poeta que escreve textos e deixa nas portas das casas, um artista que imprime seu trabalho na caixa de pizza. Esses são alguns exemplos, apenas para ilustrar. Queremos receber outras propostas criativas!
 

Seleção

 

A análise dos projetos será feito por uma comissão composta por representantes da Trapézio Produções Culturais, da Prefeitura Municipal de Franco da Rocha e do Complexo Hospitalar do Juquery. Serão considerados os seguintes critérios: (a) qualidade artística da proposta; (b) relação da proposta com o Juquery; (c) criatividade na forma de apresentar a proposta; (d) adequação orçamentária e viabilidade da proposta; (e) aptidão do artista de realizar a obra; (f) histórico de realização do proponente; (g) medidas de prevenção à COVID-19. 

 

Artistas iniciantes, que ainda não possuem um portfólio, também podem se inscrever e serão analisados atenciosamente.

 

Dicas para a apresentação de propostas

 

O formato de apresentação das propostas é livre. Não damos indicações de como ela deve ser apresentada, justamente para permitir maior liberdade criativa. Não temos campos específicos para preencher, como objetivos, justificativa, etc. Mas acreditamos ser importante dar algumas dicas de como apresentar a proposta para ajudar em seu processo.

 

Apresente sua proposta de maneira clara e objetiva, mas com todos os detalhes necessários para sua compreensão. Explore nossos critérios de seleção para que as perguntas essenciais estejam respondidas. 

 

Como seu projeto se relaciona com o Juquery?

Explique como seu projeto se conecta ao Juquery. Explore os elementos de sua obra que se relacionam com ele. Seja através da loucura ou da arte, de sua história ou de um caso pessoal. Da formação das cidades da região, da arquitetura ou dos espaços naturais. Queremos entender como o Juquery inspira essa obra que se espalhará por Franco da Rocha.

 

Como sua proposta será apresentada sem apresentar riscos de contaminação?

Neste momento da COVID-19, damos grande importância à projetos que criem formas criativas e alternativas de circulação, não sendo permitido nenhum projeto que promova aglomerações.

Então responda de forma clara como pretende distribuir sua obra. Deixamos um item especialmente para essa resposta.

 

Seu projeto é viável?

Você deve apresentar um orçamento e um cronograma na proposta. Deixe claro na escrita do projeto as ações necessárias para a execução de sua obra. Assim poderemos compreender a viabilidade dele. O festival estabeleceu o valor limite de R$3 mil por proposta incluindo impostos no entanto as propostas podem ter um orçamento menor, se forem realizáveis com menos recursos. O festival pode ainda entrar em contato para negociar o valor com o proponente.

 

Conte-nos sobre sua trajetória

Sendo um artista consolidado ou iniciante, é importante que você deixe claro no projeto qual é a sua história, qual o caminho percorreu até aqui e porque essa proposta que apresenta se relaciona diretamente com sua história.

 

Por que ele deve ser feito?

É importante que você explique com clareza porque acha seu projeto relevante e porque ele deve ser selecionado. 


 

Datas

 

Inscrições: de 20 de julho de 2020 à 9 de agosto de 2020

Divulgação selecionados: 31 de agosto de 2020

Data de realização da proposta: entre 21 de setembro de 2020 e 04 de outubro de 2020


 

Condições

 

  • A inscrição poderá ser realizada por proponente que pode ser artista individual, coletivo, grupo ou produtora cultural.

  • Será permitido mais de 1 (uma) inscrição por proponente, mas apenas uma proposta será selecionada.

  • Os artistas menores de 18 anos deverão apresentar autorização dos pais.

  • O proponente deve comprovar que reside na região da Bacia do Juquery (Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, Mairiporã e Cajamar) por meio de comprovante de endereço (cópia de conta). 

  • O proponente deve ter disponibilidade para executar o projeto entre 21 de setembro e 04 de outubro de 2020.

  • Serão selecionadas por volta de 10  propostas

  • O valor máximo estabelecido por projeto é de  R$3.000,00. Valor inclui qualquer gasto para produção, execução e implementação do projeto / idéia além de quaisquer gastos tributários com encargos referente a nota fiscal emitida.

  • O proponente deverá emitir uma nota fiscal de serviço pela proposta realizada. Ou pode optar pela modalidade de RPA (Recibo de Pagamento Autônomo). O valor total do projeto deve incluir os custos dos impostos referente ao documento fiscal escolhido. 

  • Não podem se inscrever: projetos de conteúdo sectário ou segregacionista atinente à raça, cor, orientação sexual, gênero e religião ou que promova qualquer outra forma de preconceito; projetos que não tenham conteúdo artístico-cultural; projetos de cunho religioso, de promoção de instituições privadas ou públicas e de temas não relacionados diretamente com atividades culturais;


 

Inscrições

 

  1. Preencher a ficha de inscrição eletrônica disponível no endereço 

  1. 2. Anexar no ato da inscrição documento complementar em formato PDF (recomendamos a utilização do site https://www.ilovepdf.com/ para a formatação do seu arquivo) com no máximo 10MB (vinte megabytes) contendo:

 

a) Biografia resumida do participante com até 1.500 (mil e quinhentos) caracteres;

b) Portfólio (se houver) com até 20 (vinte) imagens e/ou links de outros trabalhos do participante;

c) Cópia simples e legível da cédula de identidade ou CNH;

d) Cópia de comprovante de residência;

e) ITEM RETIRADO (equivalente ao item "i")

f) Apresentação da proposta, justificando porque a considera relevante para a programação do festival Soy Loco Por Ti Juquery.  Neste ítem, o artista deverá produzir um material de forma livre. No entanto, é importante que fique claro como o proponente se relaciona ou pode se relacionar com o Juquery e do que se trata a proposta e como pretende executar.

g) Explicação de como a proposta será realizada, sem apresentar riscos de contaminação e oferecendo uma forma criativa de distribuição.

h) Proposta de cronograma e orçamento, detalhando os custos e etapas necessárias para a realização da proposta

i) Termo de responsabilidade (Anexo 1) preenchido e assinado.
 

Divulgação dos selecionados

 

A lista dos selecionados será divulgada em 31 de agosto no site [www.soylocoportijuquery.com] e na fanpage do festival no Facebook [facebook.com/soylocoportijuquery]. 

Os artistas serão contactados pela equipe do festival em até 7 dias.


 

Dúvidas

 

Qualquer dúvida pode ser resolvida via contato@soylocoportijuquery.com

SOY LOCO POR TI JUQUERY | TRAPÉZIO PRODUÇÕES CULTURAIS