edições anteriores.

O Festival Soy Loco Por Ti Juquery fez sua estreia em 2018, nos dias 14, 15 e 16 de setembro. Ao longo do final de semana, mais de 1.800 pessoas circularam por parte do espaço do Complexo Hospitalar do Juquery para aproveitar a programação artística que ocupou o local.

 

Entre as atrações pensadas especialmente para o Juquery, o festival contou com uma exposição inédita de parte do acervo do Museu Osório César, com curadoria das funcionárias do próprio Complexo Hospitalar, e uma apresentação surpresa do músico Ranulpho Alves, ícone cultural de Franco da Rocha, conhecido por homenagear o Juquery em suas canções.

 

Como parte do festival, a primeira edição da residência artística Soy Loco Por Ti Juquery precedeu o evento e recebeu 5 artistas* que viveram no Juquery por dez dias. Desse encontro, surgiram trabalhos potentes, que puderam ser vistos pelo público ao longo dos três dias de programação, e a exposição itinerante "DESCOBERTAS: Olhares de uma residência artística no Juquery", via edital da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari) em parceria com o Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP).

 

Idealizado e produzido pela Trapézio Produções Culturais, o 1º Soy Loco Por Ti Juquery teve realização do Programa de Ação Cultural (ProAC) e Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Franco da Rocha e apoio do Complexo Hospitalar do Juquery.

 

Estiveram no festival:

*Artistas selecionados para a 1ª Residência Artística Soy Loco Por Ti Juquery: Cris Proença, Edmar Almeida, Isabel Bei, Marcelo Bressanin e Marilia Vasconcellos.

*Artistas visuais: Fernando Limberger, Lucas Bambozzi, Tiago Navas, Victor Leguy

*Artistas sonoros: Massonettos, Embatucadores, Clownrinetas

*Artistas do corpo: Girandolá, Lorena Lobato, Carolina Berger, Edmar Almeida

*Filmes: Bicho de Sete Cabeças, Estamos Juntos, Madrigal Para Um Poeta Vivo, Calma

*Oficinas: Gabriela Serfaty, Marília Vasconcellos, Leonardo Chagas

SOY LOCO POR TI JUQUERY | TRAPÉZIO PRODUÇÕES CULTURAIS